sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

JACKSON LAGO UMA HISTORIA DE LUTA PELO POVO DO MARANHAO


“Muitos Homens devem a grandeza de sua vida aos obstáculos que tiveram que vencer”. Talvez a frase de Charles Spurgeon seja a maior definidora sobre a vida do Dr. Jackson Lago. Maranhense, natural de Pedreiras, médico pioneiro em cirurgia torácica no estado, prefeito de São Luís por três vezes, governador do Maranhão por meio mandato e, sobretudo HOMEM, de letras garrafais por ter lutado pelos seus ideais e colocado sua vida em troca daquilo que acreditava. Jackson Lago saiu da vida e passou para a eternidade no dia 29 de outubro de 2006, não, não estou enganado, o Dr. Jackson não morreu nessa data, mas ganhou sim a vida eterna na história do estado do Maranhão, ao derrotar a mais antiga e cruel Oligarquia do país. O medido e professor universitário, Jackson Lago, desde cedo começou sua militância na política em favor da democracia e o sonho de um estado mais justo. Porém, foi em Lisboa, que deu o grande salto na sua trajetória política, foi na capital portuguesa que Jackson Lago foi reencontrar os amigos Leonel Brizola, Darcy Ribeiro e Neiva Moureira, juntos começaram a idealizar o PDT, partido pelo qual dedicou a vida e deu grande expressividade no Maranhão, por sua luta e capacidade de transformação social. Exemplo esse que pode ser visto na cidade de São Luís, a qual foi prefeito três vezes e pode ser facilmente visualizado o antes e o depois da administração de Jackson Lago. O fundador do PDT no Maranhão, prefeito de São Luís e governador do Maranhão, não foi um político perfeito, mas foi, sim, um administrador sensível as mazelas que a população do estado sofria, lutou enquanto pôde por aquilo que acreditava e por aqueles que acreditavam nele, por isso não chega a soar panfletário que Jackson Lago morreu pelo Maranhão. Já debilitado e ciente de seu estado de saúde, o ex-governador lutava contra um câncer na próstata há cinco anos, mesmo assim se candidatou novamente em 2010 e enfrentou uma disputa política, a qual sabia que não sairia vencedor, mas tinha que lutar em razão daquilo que ele sempre defendeu e sofreu, ao ter seu mandato usurpado por aqueles que nunca aceitaram a derrota ou a não subserviência a seus poderes. Jackson Lago quase sem saúde necessária para enfrentar a disputa eleitoral ao governo do estado do Maranhão foi à luta igual a um soldado já ferido e prestes a morrer, mas que carrega consigo um último fio de esperança de obter a vitória. Infelizmente não conseguiu, além das forças inimigas que sempre o enfrentavam, amigos e companheiros de outrora lhe viraram as costas e sozinho, o deixaram. Contra os inúmeros pedidos da família e amigos fieis Jackson Lago, o timoneiro da nau libertária do Maranhão, título dado após a vitória em 2006 e que chegaria a virar filme, embarcou na sua última disputa, praticamente sozinho, o Doutor ainda conseguiu mais de meio milhão de votos, estes dados com sentimento de esperança em um estado melhor, infelizmente não foram suficientes para a realização do sonho. Abatido e com a saúde mais debilitada, Jackson Lago após a disputa, saiu do seu estado pela última vez, vai buscar em São Paulo, assim como em Lisboa, um novo futuro, ao tentar recuperar a vida que deu pelo Maranhão, mas ali já sabia que o tratamento era apenas simbólico, pois sua vida já não o pertencia mais e sim ao seu estado, pelo qual sempre lutou e morreu.

Um comentário:

  1. Esse cara é lutador

    http://www.lindembergsouzadinheironet.com/

    ResponderExcluir